Na internet desde 1998


Carlos Fernando (Cacá)
Narrador esportivo e âncora de rádio e TV desde 1979. Trabalhou em todos os canais 100% esportivos desde 94: Sportv, ESPN-Brasil, Directv e Bandsports, além das TVs Band, Cultura, Record e Gazeta.
Foi âncora de radiojornalismo da Rede CBN, desde a inauguração da emissora em 1991. Foi narrador das rádios Globo de São Paulo, CBN, Record e Gazeta, e das rádios Atlântica, A Tribuna e Cultura de Santos, onde começou a carreira aos 16 anos.
Docente do Centro de Comunicação e Artes do Senac-SP em 2000, lançou o primeiro curso de Narração Esportiva do país, trabalho que resultou na edição do livro Manual dos Locutores Esportivos da Panda Books.
É formado em Comunicação Social pela Escola Superior de Propaganda e MKT, e pela Faculdade de Comunicação de Santos, com curso de locução em RTV.
Trabalha atualmente nos canais Band e BandSports.

cacafernando@yahoo.com.br
contato via e-mail



Outros sites
 LIVESCORE
 ZEROZERO O GOL
 Futebol do Interior
 Gazeta Esportiva
 LANCENET!
 ESPN.GO
 @WebAmigos.net
 SENIws
 Máquina do Esporte
 CBF
 FIFA
 UEFA
 o jogo
 a bola
 REVISTA KICKER
 BUNDESLIGA
 FUTEBOL ALEMÃO
 Trivela
 atletismo
 natação
 ATP
 WTA
 TERCEIRO TEMPO
 SOCCERNET
 COB
 GOAL.COM
 HOTMAIL
 YAHOO ESPORTES
 G1
 TERRA
 UOL
 PLACAR IG
 FOX SPOTS
 GOAL.COM
 UOL blogs
 TWITTER.COM/bandnewsfm
 TWITTER.COM/bandsportstv
 TWITTER.COM/cacafernando
 LONDON 2012
 RB 840 AM 90,9FM
 Bandnews 96,9 FM
 GOOGLE - buscas
 YAHOO
 Cacá no Facebook


 


SHOW VERDE-AMARELO EM SOLO ARGENTINO

O basquete brasileiro está novamente forte, cheio de energia, como um adolescente na flor da idade. A retomada do prestígio de um esporte bicampeão mundial, cinco vezes campeão panamericano, faz comque esqueçamos todas as frustrações das últimas Olimpiadas em que ficamos ausentes. É bem verdade que a conquista do Mundial pelos Estados Unidos, abriu mais uma vaga no torneio classificatório das Américas. Sabíamos que os argentinos dificilmente perderiam a primeira vaga para Londres, com o timaço campeão olímpico em Atenas 2004, com Delfino, Scola, Prigione e companhia. A terceira e última vaga seria disputada por Brasil, Porto Rico e República Dominicana. Sábado, jogamos contra os porto-riquenhos, e nos classificamos até com alguma folga na vitória de 83 a 76, no chamado "jogo de vida ou morte". Já os argentinos, sofreram para vencer os dominicanos, numa partida de placar apertado, em jogo bem mais suado. De qualquer maneira, o tecnico Ruben Magnano conseguiu um resultado espetacular, dentro de um planejamento caprichado. Sem contar com craques da NBA como Anderson Varejão - machucado, e Nenê e Leandrinho que alegaram "problemas particulares", e não demonstraram o mínimo interesse em prestigiar a seleção, o técnico argentino tirou "leite de pedra" com o atual elenco. Entendo porém, que tão importante quanto a conquista da vaga olimpica, é pensarmos mais adiante, além do Rio 2016. Já está mais do que na hora de o basquete brasileiro ter um local permanente de treinos, e a melhor receita é a do CT do voleibol em Saquarema no Rio de Janeiro. Basta copiarmos o modelo vitorioso de gestão, para que possamos revelar na base, garotos de talento, que queiram ganhar dinheiro tendo o basquete como profissão, e quem sabe, tentar carreira na NBA. Até porque, sonhar, não custa nada.   



Escrito por Cacá Fernando às 7h01 PM
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 

Regras de Uso das Informações e Fontes deste BLOG




Clique aqui e para seguir-me!

Clique aqui e veja como adquirir o livro!
Clique na figura

Histórico